terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Pri - VÊ- Légios!!!

Os alunos dele cansaram de ser inteligentes também. Até eles! Mas como eu gostaria que eles soubessem que Manoel Bandeira não fez o Zorro e que Carlos Drummond de Andrade não inventou o avião, e mais, que Oscar Niemeyer não é um jogador de basquete. Agora entendo porque aquele professor está se tratando de um câncer na alma! Outro dia ele se deparou com um fato que lhe encheu os olhos d"água: "(...) enquantou ouver barro jamais vai acabar a cultura." Sabia que as vezes as pessoas sabidas se tornam chatas? E as burrinhas também? (...) O que a baleia faz a noite? Nada.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

FRAGMENTOS

Todos faziam algo. E ele também fazia. Fazia não porque queria. Fazia porque todos faziam. Todos queriam alguma coisa. Ele não queria. Não é preciso explicar, porque "ele" sabia. Todos não esperavam algo. Mas ele espera. Esperava e não se cansava. Talvez por isso ele não queria fazer algo. Um oceano inteiro. Um azul intenso. Uma vida inteira. Uma vida inteira de "afazeres" e "quereres". E o algo mais importante dele? Quase já não havia mais espaço. Mas foi como na história mais bonita que tinha ouvido falar que ele encontrou. E a história era mais ou menos assim: "Era uma vez..."

sábado, 11 de dezembro de 2010

A Carta

                                                                         A   minha  amiga


Minha amiga como você está? Espero que bem, sorrindo e chorando como sempre. Com aquela poesia inabalável, que sempre me confunde, por ser meio tristeza meio alegria, meio cinza e meio cor... Espero que de pés no chão, mas de cabeça nas nuvens, planos mirabolantes e alguma ações. Que o coração esteja fértil, porque caso contrário mando te internar. E os pés? Melhoraram? O cabelo continua na cabeça ou diz adeus cada vez mais? A arte? Tem preenchido? Por onde anda nosso caminho???? Tem sentido saudades de quê? E café tem tomado?  Feliz Natal e Ano Novo!
Com amor...

                                                                                Seu Amigo

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Inspiração em falta!


Caneta e papel.
Inspiração?
Não... Esta não se fazia presente.
Eu revirava lembranças,
Remexia as gavetas do pensamento
E nada.
A caneta estava ali, inconformada em não fazer seu papel.
Por sua vez, este continuava sem título, sem versos, sem vida...
Ensaiei algumas palavras.
Apaguei-as.
Experimentei outras tantas.
Arranquei-as do papel novamente.
Recomecei e consegui terminar.
Li,
Tirei cuidadosamente a folha do caderno,
Amassei e arremessei.
Cesta!

sábado, 20 de novembro de 2010

Music kills me*

As luzes, o palco, o chão; um jogo de multiplos e uma garrafa de vodka no centro de uma manta estendida.
O caminho longo até à relva meio seca...nada de novo; não se sentia calor mas a humidade que lhe caía nos ombros pouco importava no meio de uma dança feliz.

[when i'm feeling low...]

A luz é tão forte! Parecem flashes que cegam momentanemanete...uma imagem, o cheiro, tudo volta com o som...o mesmo som. Os sorrisos, a multidão e o espanto dos outros (de todos).

[...nothing kills me like music]

Se houvesse uma cor seria branco de tanta luz e memórias vagas como sonhos que só existem em nós; sonhos escritos num estado de inconsciencia; sonhos esquecidos (quase)

[music...music...music]

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Decompondo uma composição

 O começo é a busca por um tema
Dado o tema me vem a cena
E nela eu crio uma ilusão
As vezes me perco em busca de um bom refrão
Mas o que realmente queremos é transmitir uma emoção
Almejamos criar baladas que embalem corações apaixonados
Que crie sorrisos em rostos calados
Mas e o refrão?
Qual era mesmo?
“Eu”, apenas primeira pessoa do singular
Juro solenemente brincar
Usar esse poder para criar, recriar, revolucionar
                                                                                     Não são apenas palavras e acordes
                                                                                     Isso é muito mais que poesia
                                                                                     Isso é música

  Marcelo Dhosh

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Par Perfeito

Alguém que eu possa confiar.
Alguém que se desligue do mundo quando está do meu lado.
Alguém que me ligue no meio da noite, só pra saber se eu estava dormindo.
Alguém que venha até minha casa sem avisar.
Alguém que pense junto comigo como construir nosso futuro.
Alguém que acredite em mim.
Alguém que me conte seus maiores segredos.
Alguém que faça dos meus braços seu abrigo.
Alguém que não tenha medo de ser ridículo.
Alguém que lute ao meu lado contra todos os Super-Vilões.
Alguém que tenha sempre o que me dizer quando estiver fraca.
Alguém que aprenda com os próprios erros..
Alguém que goste de sair para quebrar a rotina.
Alguém que me dê um puxão de orelha.
Alguém que seja meu melhor amigo.
Alguém que arrote só pra me irritar.
Alguém que não se incomode com minhas manias.
Alguém que implique com meus hobbies.
Alguém que goste de dormir abraçado.
Alguém que não me deixe beber demais.
Alguém que tenha bom humor.
Alguém que eu me sinta bem ao seu lado.
Alguém que se sinta bem ao meu lado.
 
EXISTE? ? ?

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Meu Querido.... Sr...



Boca calada

Amor suave

Desejo confesso

Respeito complexo


Liberdade fácil

Estranhos familiares

Alegria eterna


Sentimentos compreensiveis

Querida Solidão

Amada desilusão


e ainda precisarei da sua mão...

domingo, 17 de outubro de 2010

Na janela da alma tem café, msg,sonhos e interrogações.


De repente foi como se tudo tivesse se transformado em ar. Acordei seis horas depois na mesma posição. Em pé olhando para as estrelas, agora já é sol, pela janela estreita daquele lugar. Não me recordo de nada. Só do silêncio. Do silêncio insípido.
Recebi ontem um SMS. Ler? Só me dei conta que precisava hoje. É uma em branco quase carta, me chamando pra lá. Ao guardá-la me deparei com outras onze com a mesma fonte, tamanho e remetente. Agora são doze. Nunca estou onde meus pés estão. Acho que chegou a hora de ir. De partir.
Minhas malas por incrível que pareça já estavam prontas. Só foi preciso retirar a poeira que havia se aculado sobre a primeira da pilha de três no canto escuro.
De banho tomado, servi duas xcaras de amargo e quente café. Tomei. A outra xícara permaneceu intacta.
Andei até outro compartimento. Peguei meu espelho e minhas malas. Decisão tomada. Voltando ao primeiro compartimento escontrei a outra chicara também tomada.... Pensei em estar pequena demais para aquele lugar. Cercada pelas malas, nem me lembrava a quanto tempo ali estava. Lembro do frio e que nunca as malas desfiz. Fechei a porta atrás de mim. Tranquei-a... A cidade ainda dormia. Passei por praças, mas não encontrei flores. Sementes talvez.
Sempre à esquerda, virei a esquina e joguei ali as chaves.
O sino no alto da torre batia as horas. Horas inexatas. Enquanto apressava os passos, ouvia a cidade acordar sem ninguém. Senti estar atrassada não estando, e isso não me era estranho.
Tantas coisas aconteceram, passarm e nem se quer eu vi. Hoje sei que me atrassei no tempo que passou a não existir.
Cheguei a tempo. A estação vazia não parecia tão sombria quanto das outras vezes que ali tinha estado pela primeira vez. O motorista tomou das minhas mãos a passagem. Conferiu a hora, o destino, o meu nome e a causa da partida. Num gesto delicado, acho que de compaixão, me apontou a poltrona.
O trem partiu e no susto não pude ver seu rosto, mas sei que havia um rosto, pelo menos naquele. Um rosto familiar. Pela janela estreita olhei a estação. Estava vaizia, silenciosa. E o resto se fora, como no ar. Senti a velocida de e um som ecoou. Sorri. Estava mudando.
As outras poltronas estavam vazias. O meu coração gelou. Pensei em desistir, fugir, correr dali... Levantei e corri pelo estriti corredor. Era tarde. AS luzes, as sombras, as lembraças, as cores, as árvores, já passavam velozmente pelas janelas... E pelos meus olhos fechados.
Voltei ao corredor e ele pareceu maior. Um labirinto como no coração. Não pudi mais encontrar minha poltrona. Me acordei em outro que não tinha numeração. Sentei. Senti minha mãos vazias.
Havia deixado as malas na estação.
Recostei a cabeça no vidro da janela e olhei meu relógio, sem números, sem horas. Havia parado.
Apenas escuridão. Não via as horas e sim o tempo.
Acordei oito horas depois na mesma posição olhando o relógio. Finalmente havia compreendido o tempo. O tempo relativo.
Foi a viagem mais rápida que já tinha feito. Talvez por ser a primeira e a única. Cheguei.
O movimento cessou. A porta foi aberta. N o corredor haviam muitas pessoas, tantas, que não me recordo do rosto de nenhuma. Esperei todas descerem e só então pisei em terra firme.
Estava agora eu ali, onde antes era lá, sem aomenos ter enjoado.
Um pálido gentil homem ofereceu sua mão para que eu não caísse. Ele conferiu minha passagem e informou que aquele era o lugar.
Sem passagem de volta e sem malas, esforcei-me para reconhecer o lugar na esperança de ainda lembrar o caminho. Não havia lugar pra bagagens...
Por um multidão de rostos, sombras, caminhos... Meus intintos me levaram. Quantos e nenhum...
Logo pude ver no alto da torre, as horas exatas. hora de chegar.
Sempre a direita, dobrei a primeira esquina. Passei pela praça e havia flores, mas não sementes. E ali diante a mim estava ela. A porta. Atrás demim tudo aquilo... E mesmo assim, ainda ali, aquela porta.
E eu sem as chaves.
Com quatro toques, sim, quatro toques dos meus dedos contra a porta me fizeram ver que eu tinhas minhas novas chaves.
Porque estava eu batendo, se já estava dentro? Se eu continuasse batendo, certamente alguém lá de fora entraria.
Só então me lembrei que precisava mostrar aquele SMS. O SMS que tinha esquecido nas minhas mãos, entre meus dedos. Deixei o celular sobre a mesa e me virei para olhar o espelho. Tinha acabado de chegar. De frente para o espelho vi minhas costas.
Um silêncio. Ouvi passos pelo corredor. Quando procurei o celular não estava mais sobra a mesa.
Desde que cheguei ali, estava dois dias mais velha... Ainda posso ouvir passos no corredor. O chuveiro agora está sendo ligado. Àgua fria.. muito fria... quase posso sentir.. Pingos. Chuva de pingos.
E o celular? Não mais, simplesmente,não estava lá. No lugar, duas xícaras brancas. Café preto. A boca adocicada. E o café.. amargo.
Uma das xícaras já estava tomada. Restou-me a outra só agora tomar. Sozinha. As duas ficaram vazias. Só senti o perfume do banho pela casa. Ainda posso ouvir ... As malas sendo feitas, mas não posso ver. Sinto, algo vai partir. Decisão tomada. Está tomada.
Minhas costas teimam em ocultar meu rosto no espelho. Viro-me e não vejo nada, mas ouço. Ouço a chave. Ouço a porta sendo fechada por fora. E agora silêncio. Silêncio...
As chaves! As chaves! As chaves!... As chaves foram jogadas fora. As malas partem.... Eu chorei.
Recuei. Não sei se me senti triste por ali estar. Ali entrar. Só sei que senti das cores a nescessidade.
Das cores das praças por qual minha alma vagou.
Vi o interior. O interior inteiro de onde estava. Vi um corredor. Não pudi contar a distância. Quanto mais andava mais distante ficava.
Pssei correndo os ultimos centímetros e me deparei com o lugar... No centro um relógio negro.
Sem ponteiros, sem horas, sem tempo...
O lugar vazio. as malas não estavam mais lá. Só SMSs. Os recados que eu mesma tinha escrito. Enviado. Todos eles ali. Repletas de lembranças e saudades... Repletas... Todas elas.. Agora doze!
E assim, de repente, como se tudo tivesse se transformado em ar.. Em neblina. Acordei seis horas depois na mesma posição. Não me lembro de nada. Só do silêncio. Do silêncio insípido... E das xícaras vazias, das malas.. Da falta que me faz minhas bagagens. Que me fazem meus amigos.. Que me faz!
E eu sem as chaves...
...
Batem na porta lá fora. Quatro toques. Lá fora,escuridão!

terça-feira, 5 de outubro de 2010

No mundo da lua e outras bobagens mais!

Ontem, quando mais ninguem parecia viver no interior da cidade, quando só se ouvia o som distante do apito do guarda da esquina, quando o ar frio chegava pra mais perto de mim e as arvóres não se mexiam para abrigar melhor os pássaros que nela dormia, eu vi ela, pela cortina entreaberta, que me impedia com o auxílio dela que eu me colocasse no bréu do meu quarto.
A lua estava linda alta e esperando pra me ver dormindo. pra me ver sonhando.

E depois de tantos pesadelos e noites mal dormidas, ela veio me embalar e me dar uma linda noite de sono, ela sabia me dar razão.

Dias atrás eu estava a me odiar, me encher de dúvidas como fazia em tempos remotos..
nunca me dei bem com o fato de ser indecisa ( entre outros fatores que detesto) ..
Sou péssima em fazer escolhas, mas de uma maneira ou outra somos (sou) forçados a nos esforçarmos para algo que nos traga um bem verdadeiro.
Olhei pra dentro de mim mesma e cheguei a conclusão de que agora chega né? sonhar é bom mais não traz atitudes concretas, fantasiar é lindo, mas é coisa da xuxa e da disney caramba !

( É .. TOW PUUTA MESMO Ó)

As vezes a gente só precisa de um : Te manca mermão! pra sair da fossa ( no meu caso precisei de vários) de um pote de sorvete, filmes , amigas solteiras e uma boa festa e um príncipe desencantado que mora muuuito longe ..e eu que achei que nunca fosse encontrar um cara bilingue de 1, 86 . Obrigada Senhor!

BOM.. passada a raiva por um determinado instante, agora é hora de bolar planos malignos pro fim de semana em plena terça-feira às exatas 19:39 ! A joy logo logo vai voltar a Hot City dela e vai deixar a maligna e assombrosa Cold City (São bené) .. o fato é que pessoas irão pra lá no fim de semana e eu queria muito ir de novo ! Despedida da house da joy temporariamente!

É aí que entram os problemas (malditos problemas) .. mulher tsunami (mamãe) decretou que vai pra fortaleza visitar minha vó esse fim desemana. Muito justo, já que faz tempos que não vejo a matriarca da família e tbm tô com muitas saudades! E aí entra a maldita da dúvida de novo!

QUERO EU ESTAR EM 3 LUGARES AO MESMO TEMPO ! (NÃO DIGO O 3º)

Fora que tô sem grana .. uma m@#! isso .. e a mulher tsunami nem sabe que quero subir serrinha esse fim de semana. Penso eu em ir na sexta e pegar bus de lá pra fortaleza no domingo!



ACEITO DICAS DE DIÁLOGO, DEFESA PESSOAL E ETC.. PRA FALAR COM A MÃE!

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Gosta de perguntas anônimas? Não? Me desculpe, haha

avá

wich do you prefer, true or dare?

Você está apaixonado(a) por alguém sem ser o seu maior ídolo? eu estou *---*

talvez

wich do you prefer, true or dare?

Quando você pede uma mesada.. seus pais lhe dão grana ou jogam uma mesa em você?? Auhauhhu

o q ganho não é mesada, eu peço e eçes me dão conforme o preciso!

wich do you prefer, true or dare?

Em que ano você nasceu?

anos 90! 1990

wich do you prefer, true or dare?

Quando você vai às Lojas Americanas, o que vc mais costuma comprar?

guloseimas e esmaltes!

wich do you prefer, true or dare?

No filme A ORIGEM vc acha que no final o pião pára ou não?? UHAHUAhuahu Se não assistiu .. Assista!! eh muito massa ;p

ficou a dica! irei ver sim ;D

wich do you prefer, true or dare?

O que vc prefere: Yahoo! Respostas ou Formspring... haha #brizei

yahoo é bem mais educativo!

wich do you prefer, true or dare?

Já recebeu um negocio no msn escrito assim: Quem tá apaixonado fika ocupado.... e no fim escrito assim: qem te devolver quer ficar com vc ? se já, já te devolveram? pra mim já \o/

ah! não lembro disso não!

wich do you prefer, true or dare?

Você ajuda seus pais no serviço de casa?? AhuAUhhua

sim!

wich do you prefer, true or dare?

Pra que time torce?

um monte!

wich do you prefer, true or dare?

Já acordou 13 horas ?

sim!

wich do you prefer, true or dare?

AMIGOS ME AJUDEM A DIVULGA Aii : Participe! @abaladacarioca ( breve anuncio de Grandes Eventos & Promoçoes ) http://www.orkut.com.br/Main#Community?rl=cpp&cmm=105654718

og não, mas brigada pelo convite!

wich do you prefer, true or dare?

domingo, 29 de agosto de 2010

Oi , tudo bem ? *-* Hehe

tudo e com vc?!

wich do you prefer, true or dare?

Se você pudesse ser amado(a) para sempre, por apenas uma pessoa, qualquer pessoa, por quem gostaria de ser?

Deus!

wich do you prefer, true or dare?

Medo

deq rpz.?!. mordo não!

wich do you prefer, true or dare?

Quem foi a pessoa mais famosa que você já conheceu??

A pitty e toda sua banda, a galera do CPM 22, o meninos do the nation blue, a banda sugar kane, e os atores thiago fragoso e mariana ximenes *_*

wich do you prefer, true or dare?

Faltam quantos dias pro seu niver? pro meu falta 91!

seila! preguiça de fazer as contas! é dia 1 de julho! fais as contias aew!

wich do you prefer, true or dare?

nem sei o que é isso mesmo '-'

acho q deve ser falta de coragem^^

wich do you prefer, true or dare?

Me pergunta ?

oq vc quer q eu te pergunte?

wich do you prefer, true or dare?

O que é mais #fail pra você ?

a falsidade em si!

wich do you prefer, true or dare?

Como pode uma menina de 5 anos , engravidar se ela nem menstrua ainda ? cara fiquei passada quando vi isso

seilá... quando eu tinha 5 anos, só queria saber de brincar, comer e dormir!

wich do you prefer, true or dare?

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

oq esta vistindo hj...??? (ja q não vou te ver)

calça comprida com lavagem velha, blusa branca e colete por cima.. um tênis all star preto pra finalizar . own queria te encher og ( 23/08)

amanhã te encho sem falta.. aushaushuah .. =*

wich do you prefer, true or dare?

sábado, 21 de agosto de 2010

Mulheres Más.. em minha vida!

Mulheres definitivamente não são todas iguais, embora criadas da mesma costela de Adão, existem com características várias. cada uma com suas peculiaridades. Há. contudo, duas características notáveis as boas e as más mulheres.





Mulheres más não são necessariamente malvadas. Muito menos más mulheres. Mulheres más apenas vêm o mundo com a difícil missão de não serem as boazinhas das histórias. Missão árdua, é bem verdade, mas, assim mesmo, fascinante - uma vez que a tenha conhecido, você jamais esquecerá uma mulher má!





Mulheres más não cedem, concedem. Não existem, vivem. Não duvidam, pagam pra ver. Não estão sempre a cobrir de mimos e agrados, nem a distribur sorrisos, nem a dizer amenidades, nem a medir palavras. Elas mimam, sorriem, agradam e dizem na exata medida da sua vontade soberana. Mulheres más não falam, fazem-se ouvir, ainda que sua voz seja o mais absoluto silêncio.





Mulheres más não são do tipo que só dize "sim", ao contrário, são más pela intuitiva maestria em preferir o "não", seja ele dito sob tempestades e trovoadas ou com a suavidade de um flautista. Jamais desagradam a si mesmas para agradar os outros. Não aparentam, são. Persuasivas, sedutoras, misteriosas, encantadoras e feiticeiras!


Mulheres más não fogem à luta, matam um leão por dia. São gigantes pela própria natureza disfarçadas em criaturas frágeis e delicadas, o impavido colosso sob a doce aparência da mãe gentil. Sofrem, choram, se desesperam, mas, ao contrário das boazinhas, são como fênix: um piscar de olhos e lá estão ela a renascer das próprias cinzas. Intensamente amadas ou odiadas, o fato e que se fica indi ferente perto delas.

Mulheres más nascem e morrem como todas as outras, mas diferentes das outras, espalham suas semestes ao longo do caminho entre nascer e morrer. São engraçadas, chatas, irritadas, defensoras, amigas, inteligentes, arianas, cancerianas ( por incrível que pareça)... São Priscilas, Joyces e Kércias ( pelo menos em minha vida são). Más, não pelo que lhe cabe ao coração, más, pela audácia em desafiar os tolos, que insistem na vã tarefa de tentar lhes minar as forças, tirar o brilho, negar o valor. Mulheres más talveaz não saibam o caminho que as leve ao céu, mas certamente o da felicidade, elas conhecem!

Posso não ser como vocês, mas me sinto segura e honrada de viver ao lado de vocês!

" Quando sou BOA. sou BOA, mas quando sou MÁ, sou melhor ainda"


quinta-feira, 1 de julho de 2010


Querida X.
As vezes eu sinto que há um buraco dentro de mim,
um vazio tão grande, que, de vez em quando,
parece até queimar.
Eu acho que se você colocasse o meu coração no ouvido,
provavelmente ouviria o oceano.
E a Lua hoje a noite, tinha um círculo ao seu redor,
sinal de (mais) problemas em breve.
E eu ainda tenho esse sonho de me sentir completo.
De não ir dormir todas as noites apenas desejando,
querendo intensamente...
Mesmo assim, algumas vezes, quando a brisa esta morna,
e os grilos cantam...
Eu sonho com um amor, que faria até mesmo o tempo,
se curvar a ele...
E sonho que ele ainda está por vir.
Eu só queria alguém para ser a testemunha voluntária
da minha existência,
queria ser visto por alguém...
Eu nem sei mais o que eu estou falando, UAHSUAHS,
talvez eu seja feliz e ainda não saiba,
talvez as coisas aconteçam por algum motivo,
mesmo as ruins...
Eu não quero me conformar com isso mas,
não existe ninguém lá, olhando,
retribuindo, pensando...
só aquela lua.
=D

segunda-feira, 28 de junho de 2010

É a vida, caminhando.


Com a alma completa, sorriso longe, me encontrei em tudo à minha volta
E num momento, num abismo, eu não enxergo fim e sim, várias portas.

As portas que haviam me trancado, deixando do outro lado minha felicidade e o brilho dos meus olhos.
Eu as abri, com minha espera.
Estou conquistando coisas sonhadas que eu sonhava apenas observando janelas.
Quanta pretensão, por achar que sei algo da vida, ela ainda tem muito que me mostrar, o medo ainda tem muito que me consumir e provar o quanto sou forte de espírito e quanto tempo sem dor, me consome. (vc me fará falta X...h)


Só que antes, tenho outros deles a visitar, abismos e dores que me fazem bem.
dores e lágrimas que me consomem infantilmente e que eu saciada, converto em vida.
Em amor, em olhares, beijos, alegrias, suspiros, sorrisos..... Vida!!!!.
Porque nesses abismos, eu encontrei a mim mesma implorando por tudo isso, por tudo que vivo. ( og vc foi minha inspiração! ).

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Sobre :médicos e hobbies

E daí que semana passada eu fui ao médico. Consulta de rotina, nada grandioso.

Uma das minhas “reclamações” era o fato de eu estar muito cansada. Geralmente eu associo o cansaço à presença de vermes – nojento, eu sei

Bom, mas voltando ao cansaço, a conversa com o médico foi tomando o rumo mais seguro que eles conhecem... melhor do que me dizer que eu tenho vermes é me dizer que o estresse do dia-a-dia e a tensão à qual as mulheres são submetidas nesse contexto socio-econômico-mundial causam cansaço.

Jura? E eu achando que deviam lavar melhor a salada aqui . Credo.

Concordei com ele – e há do que se descordar quando o assunto é pressão e estresse? – e estávamos nos entendendo bem até que ele resolveu que a cura para o meu cansaço era muito simples: eu deveria arrumar um hobby. Tipo, alguma coisa que eu realmente gostasse de fazer e que ocupasse meu tempo e distraísse minha cabeça.

ALÔÔU!!!

Se eu arrumar OUTRO hobby eu vou ter que largar o estudo minha gente.

Vamos à lista das coisas que ocupam meu tempo e distraem a minha cabeça:

Brincar com o Amon

Ficar na net

Jogar handball

Assistir umas séries de TV e filmes

Estudar inglês (sim, eu faço por hobbie)

É, eu também descobri a razão do meu cansaço no meio dessa conversa. E o pior, só me resta uma alternativa... falta muito pra aposentadoria?

sábado, 15 de maio de 2010

Lições


Todos podemos ser bons profissionais no que desempenhamos ou até no que pretendemos desempenhar mas sem ATITUDE nada se faz e nada resulta.
Se tivermos ATITUDE até fazemos coisas que julgávamos não serem possíveis.
É nas horas difíceis da vida que deveremos mostrar sempre um SORRISO sentido e sincero porque mais tarde é a vida que nos SORRIRÁ.
Ouviste? Agora vai lá!

sábado, 8 de maio de 2010

Mr. complicated!

Será que a forma como conhecemos as pessoas traça, de alguma forma, o caminho??
No que respeita ao sexo oposto.... será que quanto mais atípica for a maneira como os conhecemos, mais complicado se torna de gerir??
É certo que quando são amigos de amigos há um conhecimento prévio, ainda que tendencioso... quando as pessoas nos caem, literalmente, no colo não há base de comparação, antecedentes, podres, virtudes, bagagens... é tudo novo e, a correr bem, refrescante!
Mas e naquelas raras vezes que este desconhecimento se torna num enigma que queremos à viva força decifrar... ainda que passiva e discretamente??
A bem da verdade, nós só damos a conhecer o que queremos! Mantemos privado o que entendemos que não é de partilha fácil, mostramos o nosso lado fresco e leve e, como à bom português, "o resto logo se vê"! É fácil... prático e consegue evitar-nos milhões de surpresas desagradáveis.
É aquela dualidade: se por um lado, quem não arrisca, não petisca, por outro, quando não se conhece, confia-se desconfiando. Até aqui, estamos de acordo... mas será que é assim tão imprudente e insensato desvincularmo-nos da circunstância e pura e simplesmente desfrutar da companhia de um alguém que apareceu do nada, sem grandes complicações, teorias kármicas ou pretenciosismos???
Pelos vistos é... estamos sempre a aprender! :)
whatever....


****

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Weird..

....é isso ensina-me a ser esquisita. Quero mesmo odiar tudo que dissipa as minhas energias.Voltar-me contra hipocrisia que nunca gostei, mas que acabo por usar, por ser uma tola.Isso, continuem a falar enquanto finjo ouvir. Desculpem se não resisto aos voos mentais, é que sou mesmo assim, vocês sabem... Eu preciso de um lugar para fugir.Mas quero dizer que o que sinto... há dois gumes e em cada um duas polaridades.Por um lado, quero corta-lo em pedaços para não serem assim, tão engrandecidos.O outro gume diz respeito a mim, para cortar as minhas asas em plenos voos, que fogem sempre da trajectória.As polaridades é o que energiza. A atracção e repulsão, oscila enquanto eu finjo, muito bem, ter o controle de tal electrostática. Eu não tenho, mas só de fingir, sou mais forte.Não gosto da forma que olham para o mundo. Tenho ciúmes só de pensar que o mundo é melhor do que eu.Por isso que voo. Não quero cair nas covas, fujo da claridade, ou qualquer anjo de cabelo encaracolado. Meu rio é de Novembro, não de Janeiro e muito menos de Março. Rio de mim mesma!Mas tanto faz...Amanhã não vou pensar nisso.Vou ser esquisita e obrigada...

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Como o homem deve lidar com a TPM?



Vamos dar algumas dicas para você homem:




1. Nunca pergunte se ela está de mau humor: Isso poderá deixar seqüelas pelo resto da sua vida.




2. Não tente “animar” uma mulher na TPM: Caso isso passe pela sua cabeça, trate de correr muito até a idéia desaparecer. Qualquer tentativa de mudar o estado emocional de uma mulher com TPM poderá gerar escoriações por todo o corpo.




3. Não fale de amigas, futebol e nem da família dela.




4. Nem pense em repreender uma mulher na TPM: O que elas mais querem é ser admiradas e amadas.




5. Nunca negue comida: Comida, principalmente doces, causa a famosa sensação de bem estar.




6. Jamais queira discutir sobre dinheiro, gastos, etc. Esse momento não é o ideal para discutir sobre investimentos ou cortes de gastos.




7. Não faça piadas: Não tem o que falar? Apenas faça uma carícia ou um simples cafuné.










Sua irritação não solucionará problema algum.
Sua contrariedade não alterará o sistema das coisas.
Seu mau humor, não modificará para melhor sua vida.
Sua dor não impedirá que o sol brilhe amanhã sobre bons e maus.
Suas reclamações jamais acrescentarão aos outros, uma gota de simpatia por você.
Por que tanta preocupação com a vida?
Você jamais conseguirá sair vivo dela.
Amar a vida enobrece a alma.
Por isso sorria para ela.
Sempre...




Léo Sarmento












quinta-feira, 8 de abril de 2010

Fui ser feliz

Então tá.

Chega.

Cansei de esperar o amor.

Se alguém perguntar Eu saí.

Fui ali buscar o amor.

Abri a porta, saí de mim, tomei carona nas estrelas e parti.

Viajei para o amor, destranquei o segredo, abri a gaiola dos medos, despi a lógica.

Se alguém perguntar, segui sorrindo.

Não estou mentindo,

Fui ser feliz !

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Tempo!

Eu não sou quem você quer.
Doi assumir. Seus olhos são claros e eles em nada vidram quando em mim passeiam.
Hoje contei nos dedos, existem oito garotos afim. Nenhuma deles existirá no meu corpo, nenhuma deles fará mais rápido o coração.
É que não gosto de desejos grudados na cara, frases que bajulam, risos coniventes.
Antes o mistério de não saber-se presente no peito alheio. Antes a descoberta lida nos gestos das suas palavras.
Eu quero tempo.
Tempo para criar um sentimento entre nós dois. Cultivá-lo. Observá-lo nessas manhãs de chuva fina.
E..depois que você me quiser, depois que você for embora, eu terei esse sentimento para amar.

domingo, 28 de março de 2010

Greenpeace versus Nestlé


“Peça à Nestlé para dar um tempo às florestas” é o lema do novo vídeo do Greenpeace, uma campanha viralizada na internet com o objetivo de convencer a Nestlé a cancelar as compras de óleo de palma da Sinarmas, maior destruidora de florestas da Indonésia.
Segundo a organização, a Sinarmas está devastando a vegetação nativa com o objetivo de criar áreas para o plantio das palmeiras utilizadas na fabricação do óleo comprado pela fabricante de chocolates para produzir o Kit Kat. O Greenpeace afirma ainda que além de poluir o ar e de prejudicar os habitantes locais, o plantio das palmeiras também está acelerando a extinção dos orangotangos.
Segundo o que foi divulgado pela Agência Estado, a Nestlé pretende cancelar os contratos com a empresa da Indonésia, mas pediu ao Greenpeace que retirasse o vídeo (que não é nada agradável de se assistir, mas funciona) da internet.

E o que você achou do vídeo? Aprova a ideia? Assista e deixe um comentário com a sua opinião.


video





texto :by Fernando williams

fonte: greenpeace

terça-feira, 23 de março de 2010

Sobre passagens de avião e uma palheta pra tocar teu melhor instrumento de corda


"E Deus está escrevendo certo pelas nossas linhasque se não fossem tão tortas, não teriam se cruzado."-Caio F.
Duas xícaras de café':- vi tua camisa molhada e descobri que não sei de quantas glórias o teu suor é feito.E sempre todas essas crianças ao teu redor, quantos filhos você tem coragem de fazer?Tantas cartas de amor na mão, outras tantas guardadas numa velha caixa de sapatos escondida no guarda-roupas, quantos amores você realmente mereceu?Aquele rock pirado, com arranjos de campainhas, sirene, rabeca e gritos, porque toca no teu quarto mas você não leva ao palco?E com tantos planos, por tanto dinheiro, tantas milhas mundo afora, pra dentro de si, quais dos teus planos deram certo?Pra ser inteiro, ser sincero, pintar na tua camisa, dar um grito, as expressões que carregam as linhas do teu rosto, sem substantivos nem desculpas vagas, teus verbos pra conjugar em primeira pessoa, as pieguices pra puta que pariu, de que verdades você é feito?

segunda-feira, 8 de março de 2010

Mães....

Mãe: Alô?
Filha: Mãe? Posso deixar os meninos contigo hoje à noite?
Mãe: Vai sair?
Filha: Vou.
Mãe: Com quem?
Filha: Com um amigo.
Mãe: Não entendo porque você se separou do teu marido, um homem tão bom...
Filha: Mãe! Eu não me separei dele! ELE que se separou de mim!
Mãe: É... você me perde o marido e agora fica saindo por aí com qualquer um...
Filha: Eu não saio por aí com qualquer um. Posso deixar os meninos?
Mãe: Eu nunca deixei vocês com a minha mãe, para sair com um homem que não fosse teu pai!
Filha : Eu sei, mãe. Tem muita coisa que você fez que eu não faço!
Mãe: O que você tá querendo dizer?
Filha: Nada! Só quero saber se posso deixar os meninos.
Mãe: Vai passar a noite com o outro? E se teu marido ficar sabendo?
Filha: Meu EX-marido!! Não acho que vai ligar muito, não deve ter dormido uma noite sozinho desde a separação!
Mãe: Então você vai dormir com o vagabundo!
Filha: Não é um vagabundo!!!
Mãe: Um homem que fica saindo com uma divorciada com filhos só pode ser um vagabundo, um aproveitador!
Filha: Não vou discutir, mãe. Deixo os meninos ou não?
Mãe: Coitados... com uma mãe assim...
Filha: Assim como?
Mãe: Irresponsável! Inconseqüente! Por isso teu marido te deixou!
Filha: CHEGA!!!
Mãe: Ainda por cima grita comigo! Aposto que com o vagabundo que tá saindo contigo você não grita.
Filha: Agora tá preocupada com o vagabundo?
Mãe: Eu não disse que era vagabundo!? Percebi de cara!
Filha: Tchau!!
Mãe: Espera, não desliga! A que horas vai trazer os meninos?
Filha: Não vou. Não vou levar os meninos, também agora não vou mais sair!
Mãe: Não vai sair? Vai ficar em casa? E você acha o que, que o príncipe encantado vai bater na tua porta? Uma mulher na tua idade, com dois filhos, pensa que é fácil encontrar marido? Se deixar passar mais dois anos, aí sim que vai ficar sozinha a vida toda! Depois não vai dizer que não avisei! Eu acho um absurdo, na tua idade você ainda precisar que EU te empurre para sair!
(Luis Fernando Verissimo)

sexta-feira, 5 de março de 2010

Esquisita

...
Os últimos dias têm sido um pouco esquisitos...

Esquisito é o único adjectivo que encaixa mais ou menos nos últimos dias, porque não encontrei ainda outro melhor para o definir.

Sinto-me esquisita.

Tenho momentos em que faço coisas que nunca imaginei ser capaz. Não que nunca tivesses nas minhas ideias mais malucas imaginado faze-las mas dai a faze-las…

E isso se por um lado tem contribuído para a minha de que vivo no limiar ténue entre a loucura e a razão, tem-me também feito sentir muito bem.

Finalmente tenho conseguido a muito custo arrancar a minha alma dos destroços de uma vida numa sociedade castradora, de uma vivência castradora, e de auto-punição. É uma alegria começar a respirar em pelemos pulmões. Saber que agora estou aqui, a amanhã estarei ou não, pois o futuro é o que ainda se pode fazer, o que se pode mudar o que se criar… E aí reside a aventura da vida.



Let’s Play!





video

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

O Julgamento Final: Diabo Vs. Anjo

Se eu era para ser condenada que tivessem provas suficientes. De um lado o Diabo todo alvoroçado profanando palavras chulas contra mim, do outro o Anjo com expressão lívida aguardava sua vez a testemunhar em favor de minha salvação. Danação ou salvação... No centro sentado em sua poltrona de ouro Deus movimentou a mão permitindo que eu começasse a falar. Logo, dei início ao meu argumento:

- Eu sei que não tenho sido muito inteligente por meus atos, mas a culpa é toda dele, Deus! – E apontei para o Diabo a esquerda. – Ele me atenta, transforma meus pensamentos, e bom... Creio que desde sempre ele é quem insiste em perturbar minha mãe. – O Diabo olhava-me com ira nos olhos chamuscando brasas de fogo e de sua boca cuspiam a mim seu veneno. – Quando eu era pequena minha mãe me comprava apenas mimos, coisas de mãe de primeira viagem; passado algum tempo já no colégio ela me dava presentinhos para compensar minhas boas notas. Mais tarde na adolescência, preocupei-me em ter para ser, queria tudo o que estava na moda, sentia-me bem sendo assim, ou, aliás, tendo. Nas vitrines os manequins sorriam descaradamente para mim e não me importando com o preço de tal artigo me custaria, eu queria possuí-lo. E se os meninos me davam agrados e dependendo de sua utilidade poderia até namorá-los simultaneamente, e não pelos sentimentos, sim, pelo valor de seus preciosos presentes! Esqueci de ser humana só para ter.

Deus olhava-me atenciosamente e meu Anjo, sorria alegremente, talvez estivesse feliz por eu ter admitido meu erro e ter mostrado arrependimento. Então, dirigiu-me com severas palavras:

-Lia, olhe para ele, com essas vestes mundanas disfarça-se e está ali para lhe provocar. Ele é a Avareza, um dos pecados capitais mais cometidos por vocês, humanos. Admira-me você ter contato tudo. Mas, infelizmente, você poderia ter lutado contra esse Diabo! Entenda: quando morrer, ninguém, e nada será enterrado contigo. Dessa vida não se leva nada! Você poderá comprovar quando fizer parte desse Outro Mundo.

- Como assim? – Estranhei.

E de súbito o telefone tocou e eu despertei. E aquilo tudo fora tão real. Acho que tenho uma chance para me redimir com Deus e meu Anjo.




P.S.: Acho que consegui finalment meu emprego. Através de narrativa espero agradar ou a gregos, ou troianos... ;P
Beijo pra quem é de beijo!

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Você se lembra?!


Hoje, meditando com você sobre recordações e lembranças, penso sobre a necessidade de não colecionarmos sentimentos ruins dentro de nós. Me dei conta, que muitas vezes trouxe prá minha vida interior aquilo que fiz dela no exterior: nós nos tornamos experts em guardar coisas que nos fazem mal!

E isso não é bom, nem um pouquinho!!!


Se for prá guardar algo, fique com o que é bom!!! É o que dizemos quando buscamos aconselhar alguém. Fique com o que for bom prá você! O que achar inútil, descarte!


É a constante faxina da vida! Sempre é bom dar uma olhadinha naquilo que não presta, e que tá juntando, juntando, juntando...
Os sentimentos ruins vão se acumulando dentro de nós, não permitindo que os bons sentimentos ocupem o seu lugar. Daí nos amarguramos, sofremos e choramos.
Não que chorar não faça parte da vida! Porém, entretanto, todavia, se podemos facilitar, prá que complicar?!


Hoje faço um convite à mim e à você! Que tal buscarmos as boas lembranças?!
Mas lembrarmos das coisas boas, e vamos fazer uma faxina no coração!!!


Ano novo tá aí, vamos começar do zero?! Vamos tentar zerar aquilo que não está sendo bom dentro do nosso coração?!


um convite que faço à você!!!
Eu, graças à Deus, já tenho feito essa faxina ultimamente!!!


O vídeo de hoje fala de recordações, no sentido romântico da coisa! Saudosista!

Fala da descoberta do sentimento do amor!!! E é um clássico da música mundial!
Espero que goste da escolha de hoje!!!
Tenha uma linda e santa quarta-feira!!!
Escolhi Phil Collins, com "Do you remember?"
E, de tudo isso o que escrevi, fique com as coisas boas e relevantes prá você!
O que não achar importante, descarte! Até o próximo post!

video

domingo, 21 de fevereiro de 2010



A saudade eu não explico, eu sinto, é olhar para o céu estrelado e lembrar como foi os melhores momentos que não podem ser substituidos facilmente.Saudade é falta de um olhar de um toque, uma expressão de carinho ou de atenção.a Saudade doi, saudade machuca, não é bom pra quem ama. Saudade é distancia, mas não de corações, pois as emoções vão longe muito além dos sentimentos.Sentir saudade dos melhores momentos, mais a maior saudade é o pensamento que envolve corpo alma & coração !

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

O ERRADO QUE DEU CERTO




TEM DIAS...
EM QUE A GENTE PENSA MAIS EM CERTAS COISAS QUE EM OUTROS...PENSA, COMO PALAVRAS NEM SE TORNAM ATITUDES E COMO ATITUDES PODEM NÃO GERAR PROMESSAS...


TALVEZ AGORA EU ENTENDA QUE PROMESSAS NA VERDADE, UMA DIVIDA CONFESSA, SE NÃO GERADA, NÃO HÁ O COMPROMISSO MORAL DE SER CUMPRIDO:-ORA NÃO SE CUMPRE O Q NÃO SE PROMETE!


PENSA COMO ATITUDES, EM MOMENTOS INOPORTUNOS INCOMODAM, E, SE REPETIDAMENTE OCORREM, TOMAM UM DIMENSÃO MAIOR DO QUE REALMENTE É -OU NÃO!


PENSA QUE COMO PLANOS, POR MAIS SIMPLES QUE SEJAM,-COMO TOMAR SORVETE POR EXEMPLO- PODEM CAIR POR TERRA DE UMA ORA PRA OUTRA EM FUNÇÃO DE ATITUDES IMPENSADAS, E O QUE É PIOR[SIM SEMPRE PODE SER PIOR], IMPENSADAS E INFUNDADAS...


HJ POR EXEMPLO ESTAVA PENSANDO COMO O CHARLIE BROWN JR.(CBJR) TEM UMA MUSICA PRA CADA MOMENTO DA MINHA VIDA...


MUSICAS ALEGRES, TRISTES[NEM TANTO], E ATÉ MUSICAS QUE AINDA NÃO COMPREENDI COMO SE ENCAIXA NESSES MOMENTOS...


MAS NESSE, SEI QUE SOU O ERRADO QUE DEU CERTO...PENSEI NA MINHA ADOLESCÊNCIA, NAS OPORTUNIDADES DE SEGUIR CAMINHOS RUINS- E NÃO O FIZ, NAS COISAS NÃO TÃO BOAS QUE FIZ, MAS QUE EM NADA DESABONA A MINHA CONDUTA JUVENIL...PENSEI NAS COISAS BOAS QUE FIZ E NAS INUMERAS QUE DEIXEI DE FAZER..


E SEU SAUDADE!!!

MUITA SAUDADE.


COISAS SIMPLES QUE SÓ A SEGUNDA INFÂNCIA PODE DAR E QUE SABEMOS NÃO VOLTAR MAIS...


DEU SAUDADES ATÉ MESMO DA MINHA TARDE DE HOJE... DE COMO FOI BOA E ACABOU INDO PRA UM CAMINHO NÃO ESCOLHIDO POR MIM- OU TALVEZ EU TENHA FEITO SIM A ESCOLHA...


QUERIA ESTA AGORA NO MOSTEIRO DE SÃO BENTO, DESFRUTANDO DO SILÊNCIO QUE É INERENTE AO LUGAR, MAS COMO NÃO POSSO, VAMOS DE CBJR:


O errado que deu certo

(Chorão/Marcão/Champignion e Pelado)

Mudei minha história

E foi melhor pra mim

Nem sempre o que a vida me pede

É aquilo que a vida me dá

Se eu corro atrás do que é melhor pra mim

Deve ser porque meu tempo de volta

O seu dinheiro não trás


Com o coração na mão

Minha mente voa livre, leve, louco, bicho solto

Bem melhor, bem melhor

Faça da sua vida algo melhor

Do que já viu

E ouviu, se eu

Não busco a perfeição em ninguém

Não quero que busquem isso em mim

Eles querem que você se sinta mal

Pois assim eles se sentem bem

Mas tudo que é bom

Me lembra você

Vem comigo até o fim!


Mudei minha história

E foi melhor pra mim

Nem sempre o que a vida me pede

É aquilo que a vida me dá

Leve essa música

Me traz um sorriso

Leve essa música

Me traz um sorriso


Com o coração na mão

Eu sou o errado que deu certo

Mas quem que é errado no mundo dos espertos

Bem melhor, bem melhor

Faça da sua vida algo melhor

Do que já viu

E ouviu se eu

Não busco a perfeição em ninguém

Não quero que busquem isso em mim

Eles querem que você se sinta mal

Pois assim eles se sentem bem

Mas tudo que é bom

Me lembra você

Vem comigo até o fim!


Mudei minha história

E foi melhor pra mim

Nem sempre o que a vida me pede

É aquilo que a vida me dá

Leve essa música

Me traz um sorriso

Leve essa música

Me traz um sorriso


(By LiA )

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

BENEFÍCIOS E MALEFÍCIOS DA COCA -COLA



Inspirada em uma breve conversa de MSN com uma pessoa conhecida, vulgo Sr. Anônimo, resolvi fazer uma pequena pesquisa, só por falta do que fazer.

Acho que todos aqui já ouviram falar que Coca-Cola desentope pia, tira graxa e algumas baboseiras do tipo não é?


Pois vejam outras “baboseiras” que a Cola-Cola faz:


- Você sabia que em muitos estados dos EUA, as patrulhas rodoviárias carregam dois galões de Coca-Cola no porta malas, para ser usado na remoção de sangue na estrada depois de um acidente.


- Se você colocar um osso numa tigela com Coca-Cola, ele se dissolverá em dois dias.
- Para limpar casas de banho basta despejar uma lata de Coca-Cola dentro de um vaso e deixe a “coisa?” decantar por uma hora e então de descarga.


- O ácido cítrico na Coca-Cola remove manchas na louça. Para remover pontos de ferrugem dos pára-choques cromados de automóveis, esfregue o pára-choque com um chumaço de papel de alumínio (usado para embrulhar alimentos) molhados com Coca-Cola.

- Para limpar corrosão dos terminais de baterias de automóveis, despeje uma lata de Coca-Cola sobre os terminais e deixe efervescer sobre a corrosão.


- Para soltar um parafuso emperrado por corrosão, aplique um pano encharcado com Coca-Cola sobre o parafuso enferrujado, por vários minutos.


- Para remover manchas de graxa das roupas, despeje uma lata de Coca-Cola dentro da máquina com as roupas, adicione detergente. A Coca-Cola ajuda a remover as manchas de graxa.


- A Coca-Cola também ajuda a limpar o enlaçamento do pára-brisa do seu carro

- Para sua informação: O ingrediente ativo na Coca-Cola é o ácido fosfórico. Seu PH é 2.8. Ele dissolve uma unha em cerca de 4 dias.


- Acido fosfórico também rouba cálcio dos ossos e é o maior contribuinte para o aumento da osteoporose, principalmente nas mulheres.

- Crianças a partir de 10 anos já estão tendo osteoporose, segundo estudos da Alemanha. Motivo: Muita Coca-Cola desde crianças por falta de orientação dos pais.


- A Coca-Cola Light é uma bomba ainda mais poderosa, segundo os especialistas. Além de fazer o mal da Coca-Cola tem ainda o Aspartamente que causa ausaimer e doenças degenerativas.


Mas vai me dizer que vocês nunca sonharam com uma dessas? *o*
Até eu já sonhei! xD
Fiz isso só pra incher o saco xD

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

ESTATISTICAMENTE FALANDO!

estatísticas comprovam que de cada 3 pessoas 1 é gay!



terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Combos - Se sua mãe fosse um homem...

video

Eu que ñ queria ter uma mãe assim!! capanha: faça um comercial de batatas melhor q esse!!

mas dá pra rir!

domingo, 24 de janeiro de 2010

Comercial de Camisinha


video

Não preciso dissertar muito a respeito, afinal e um tema fácil e comum.. só que desta vez mostrado com alguma criatividade e um pequeno toque de humor!!

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

MEMÓ...


Não esquecemos o que passou. O que passa, fica...

Ninguém substitui ninguém. As pessoas vão somando-se em nossas vidas, em nossas memórias, em nosso coração como retalhos multi cores para costurarmos belas colchas que nos aqueçam sempre que precisarmos de calor...


Apagar o que vivi, apagar minhas lembranças, mesmo que me machuquem, fará de mim uma garota vazia, uma garota fria, uma garota raza.


E aprecio profundidades... Não vou permitir que meu escafandro enferruje largado em algum canto do quarto.

O passado me impele a prosseguir, como um cometa de calda longa e brilhante.

Minhas lembranças me fazem aprender, como uma biblioteca de mil prateleiras.

Meus amores me são caros, como tesouros que pilhei.
E o mar sempre me trás coisas belas... Quando eu não peço mais, quando eu não espero mais, alguma preciosidade se apresenta, rouba meus livros, bagunça minhas gavetas e torna a minha vida uma nova e incomparável experiência.


Dessas que eu nunca quero chamar de passado.

Dessas que eu quero chamar de resposta.

Ou simplesmente chamar de amor/amizade...


Aos q ñ estão nas fotos meu pedido de desculpas!

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

AMENIDADES> um monte de besteira e no fim algo sensato!


DESABAFO DE UM BOM MARIDO:
Luís Fernando Veríssimo.
Minha esposa e eu sempre andamos de mãos dadas. Se eu soltar, ela vai às compras. Ela tem um liquidificador elétrico, uma torradeira elétrica, e uma máquina de fazer pão elétrica. Então ela disse: 'Nós temos muitos aparelhos, mas não temos lugar pra sentar'. Daí comprei pra ela uma cadeira elétrica.
Eu me casei com a 'Sra. Certa'. Só não sabia que o primeiro nome dela era 'Sempre'.
Já faz 18 meses que não falo com minha esposa. É que não gosto de interrompê-la. Mas tenho que admitir, a nossa última briga foi culpa minha.Ela perguntou: 'O que tem na TV?' E eu disse 'Poeira'.
No começo Deus criou o mundo e descansou.Então, Ele criou o homem e descansou.Depois, criou a mulher. Desde então, nem Deus, nem o homem, nem o Mundo tiveram mais descanso.
Quando o nosso cortador de grama quebrou, minha mulher ficava sempre me dando a entender que eu deveria consertá-lo.
Mas eu sempre acabava tendo outra coisa para cuidar antes, o caminhão, o carro, a pesca, sempre alguma coisa mais importante para mim.
Finalmente ela pensou num jeito esperto de me convencer.
Certo dia, ao chegar em casa, encontrei-a sentada na grama alta, ocupada em podá-la com uma tesourinha de costura.
Eu olhei em silêncio por um tempo, me emocionei bastante e depois entrei em casa.
Em alguns minutos eu voltei com uma escova de dente e lhe entreguei. '- Quando você terminar de cortar a grama,' eu disse, 'você pode também varrer a calçada.'
Depois disso não me lembro de mais nada.
Os médicos dizem que eu voltarei a andar, mas mancarei pelo resto da vida'.'
O casamento é uma relação entre duas pessoas na qual uma está sempre certa e a outra é o marido...

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Lula diz: "Esse cara é muito meu amigo"

Depois de bastante tempo, resolvi voltar a postar. Estava meio sem saco! Tenho que escrever com mais freqüência (com trema, sim, cacete! - detestei o tremicídio que fizeram na Língua Portuguesa - TREMA FOREVER!) nessa bagaça.
Dizem que hoje o Lula se encontrou mais uma vez com Obama. (voz do Lula) "Esse cara é Muito Meu Amigo, porra, de noite nóis vamo jantá eu mais ele, Marisa e dona Michelle".
hasuhusah.... Let's go Lulinha.. mas volta com dim dim pra nós!